segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Euclides, mestre-escola

Esta obra, nascida da iniciativa dos professores Anabelle Loivos Considera, Anélia Montechiari Pietrani e Luiz Fernando Conde Sangenis, demonstra a vitalidade de um dos maiores escritores brasileiros. O esforço empreendido reúne pesquisadores de vários lugares do Brasil, para dar conta da complexidade do perfil intelectual, profissional e artístico do autor. 

Euclides, mestre-escola reúne 16 textos, em um hibridismo de aproximações críticas e abordagens temáticas, ensaios acadêmicos, relatos de experiências pedagógicas e crônicas sobre o passado cantagalense, que propiciam uma diversidade de leituras e ângulos a partir dos quais obtemos um testemunho sobre a obra e a memória de Euclides da Cunha. 

A abordagem sobre o projeto “100 anos sem Euclides” revela atividades culturais e acadêmicas mantidas junto a comunidades locais do município de Cantagalo, divulgando a memória do autor e o conhecimento sobre a sua obra para diferentes camadas da população em geral, bem como para estudantes de nível médio e fundamental. 

Temas preciosos para Euclides da Cunha são revisitados por leituras novas e criativas, que retomam as discussões sobre a associação entre ciência e arte, a questão da linguagem de Os sertões, a literatura de cordel, as manifestações religiosas nos sertões, Canudos, a cidadania e a denúncia social. 

Promover a pesquisa sobre a vida e a obra do escritor Euclides da Cunha, valorizando esse espaço de análise e crítica sociocultural, é reconhecer a nossa própria história. Assim, ao retomar a obra de Euclides da Cunha, espera-se ampliar o reconhecimento do Brasil, a partir de uma ótica crítica.

Por Carmem Prata
Jornalista, estuda tecnologias de comunicação e cultura. 
Trabalha em editora desde 2003 e estuda o livro e a escrita desde 2008.
@carmem_prata



Euclides, mestre-escola
Orgs.: Anabelle Loivos Considera, Anélia Montechiari Pietrani, Luiz Fernando Conde Sangenis 
ISBN: 978-85-7511-373-8
Nº de Páginas: 354