terça-feira, 7 de julho de 2015

Livro debate comunicação, organizações e cultura digital

Em um mundo globalizado, as tecnologias insinuam-se cada vez mais indispensáveis, modificando as relações entre pessoas no trabalho e as formas como as empresas interagem com o seu público-alvo.

Compreender as novas teias comunicacionais, assim como os desafios que se renovam nesse mundo em tempo real é a proposta de “Comunicação, organizações e cultura digital” (EdUERJ, 2015), organizado por Fernando Gonçalves e Antonio Luiz de Medina Filho.

Os ensaios abordam temas caros não só aos estudiosos de comunicação, mas também aos que pesquisam administração ou aspectos da sociologia. A leitura contribui para a compreensão de uma sociedade cujas relações são influenciadas de forma decisiva pelas tecnologias de comunicação e de informação. São tratados tópicos como a nova ecologia das mídias (representada pela ascensão das redes sociais e da possibilidade de interação direta entre público e empresa), a proposta estética dos hackers, o dilema diante da multiplicidade das redes, e a possibilidade da utilização da internet para captar recursos em projetos sociais.

Mais do que uma digressão sobre o presente, o leitor encontrará, na obra, um caminho para construir reflexões sobre o futuro e também articular o seu papel crítico no redemoinho de interações que se movimenta em velocidade crescente.